Artista: Estilo: Técnica: Tamanho:

Ismael Nery

Ismael Nery- Belém/PA – 1902.

Pintor, desenhista, poeta. Mudou-se ainda criança para o Rio de Janeiro.
1917 -  Matriculou-se na Escola Nacional de Belas Artes - Enba.
1920 – Viajou para França e frequentou a Académie Julian. De volta ao Rio de Janeiro, no ano seguinte, trabalhou como desenhista na seção de Arquitetura e Topografia da Diretoria do Patrimônio Nacional, órgão ligado ao Ministério da Fazenda. Lá conheceu o poeta Murilo Mendes, que se tornou grande amigo e incentivador de sua obra.
1922-  Casou-se com a poeta Adalgisa Nery. Ismael Nery aplicou à sua produção os princípios do Essencialismo, sistema filosófico que ele mesmo criou. Segundo Murilo Mendes, esse sistema diz respeito às concepções do artista sobre a abstração do tempo e do espaço.
1927- Novamente na França, conheceu Marc Chagall, André Breton e Marcel Noll. A volta ao Brasil marcou a fase surrealista de sua obra, a princípio por influência de Chagall.
1930 - Contraiu tuberculose. Enfermo, seus trabalhos passaram a revelar seu drama pessoal e a fragilidade do corpo. Faleceu aos 33 anos.
1948 - Uma série de artigos de Murilo Mendes publicados nos jornais O Estado de S. Paulo e Letras e Artes buscou resgatar a obra plástica, literária e filosófica do artista. Esquecido, Ismael Nery, passou a ser valorizado em meados dos anos 1960 com exposições realizadas em São Paulo e no Rio de Janeiro.

Rua Bahia, 871 - Higienópolis - São Paulo - SP - Brasil - CEP: 01244-001 - Tel: +55 (11) 3661-9595 ou +55 (11) 3825-2409